.

E VAI COMEÇAR A FINAL DO 5º PENA DE OURO...

Minhas reverências de sempre ao meu povo e minhas povas destas ondas mágicas chamada blogsfera. Hoje se inicia a grande final rumo ao Pena de Ouro, cuja votação vai até a meia noite do dia 15. Como sempre a cada evento a minha alegria transpira pelos poros, pelo clima de paz, harmonia e entrelaçamento de amizade que o Pena de Ouro vem proporcionando, pois, como já repeti diversas vezes e repetirei sempre “esta brincadeira foi criada para unir os blogueiros através de uma corrente que considero uma fortaleza: A POESIA... E tudo é poesia, mas as vezes lemos e não a sentimos porque vivemos em um mundo mecânico e de correria. Então, você que esteja entrando aqui hoje ou qualquer dia, pare e por uns poucos minutos de sua tão corrida vida veja que "CORRER NÃO É PRECISO, SEGUIR EM FRENTE SEMPRE, APROVEITAR A VIDA, TALVEZ, SÓ DEPENDE DE NÓS... TUDO ESTÁ ESCRITO, MAS A PENA ESTÁ EM NOSSAS MÃOS, PARA SE ASSIM QUISERMOS "REESCREVER" NOSSA HISTÓRIA" (Lindalva)

E vamos as poesias, mas antes lembrar que o sistema  de votação, depois de verificar desde o evento passado que alguns votantes sentiam dificuldade em votar no Mural decidi mudar uma das regras da nossa brincadeira poética. Não é do interesse do Ostra da Poesia criar um blog burocrático ou cheio de regras, mas para brincadeira funcionar três normas devem ser seguidas pelos votantes:
1 - Votar através dos comentários
2 - Deixar o endereço do seu blog para que eu possa validar o voto
3 - Um voto por dia por blog
Como vêem nada muito rígido
E DOU INÍCIO A VOTAÇÃO
BASTA ENTRAREM NA SALA PÉROLAS DO OSTRA
mas para não errarem o caminho deixo-vos o link da sala
http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com

3 comentários:

Jeferson Cardoso disse...

Você é gentil e atenciosa. Enquanto eu ia clicando para voltar aqui para lhe agradecer eu me lembrei do titulo de um livro de Rubem Alves que você deve conhecer, mas vale a pena citar: “Ostra Feliz Não Faz Pérola”. Vi certa vez uma palestra dele onde ele dizia que é necessário o incômodo grão de areia para a ostra produzir, e que assim somos nós em nossas criações [sorrio]. Abraço e obrigado, Lindalva!

Paula Moraes disse...

O Jeferson é um querido...=)
Vc tbm...=)
Lindalva, olha vi nesse site um cursor para o mouse que é uma sereia e lembrei do seu blog, ficaria muito legal no ilha.
link:
http://www.vserra.kit.net/canto/link/link_para_cursor.htm

Bjs

poezija s mora disse...

Melhores cumprimentos a minha ilhas!

Postar um comentário

Deixe sua impressão sobre o ostra ou sobre as poesias dos amigos. Obrigada por fazer deste cantinho um verdadeiro cântico poético... Um beijo no coração de todos!Por conta dos spans somos obrigados a moderar os comentários, mas creias, se fores um amigo, independente do teu comentário ele será publicado.